Compras no Estado de Goiás

Localizada no Centro-Oeste, a capital de Goiás, Goiânia, se tornou um polo atacadista de roupas. No estado todo há aproximadamente mais de 10 mil empresas de confecção e Goiânia conta com uma logística privilegiada por estar no coração do país (distante pouco mais de 200 km de Brasília.) Recebe turistas de compras vindos de várias partes do país e também de países vizinhos. Uma das áreas mais famosas é a região da rua 44, no Setor Norte Ferroviário, onde se encontram um complexo de shoppings atacadistas e inúmeras lojas de rua. Entre os empreendimentos da região há o Grupo Mega Moda, formado pelo Mega Moda Shopping; Mega Moda Park; Mini Moda (dedicado ao público infanto-juvenil); Clube de Costura (projeto institucional com foco em profissionalizar e desenvolver a moda); Praça da Moda e Mega Moda Hotel. Juntos, Mega Moda Shopping e Mega Moda Park somam mais de 1.800 lojas, e atendem aos segmentos feminino, masculino, infanto-juvenil, plus size, fitness, moda praia, festa, além de calçados e acessórios. O Mega Moda Park, inaugurado em 2018, está sendo construído em etapas com um investimento de 200 milhões de reais - hoje tem 460 lojas e há a previsão de abertura de mais 350 em 2020. Entre as novidades há vagas subterrâneas para ônibus e está prevista a construção de duas torres - uma comercial e outra residencial - um telhado verde e fotovoltaico.

O município de Alexânia  oferece opções variadas para haver comércio. O Lago Corumbá IV é procurado para pesca e atividades naúticas. Para descansar em contato com a natureza a região oferece hotéis fazenda e pousadas em boas acomodações e comida caseira. Está localizado no município o único outlet de grande porte do Centro-Oeste. Destaque para o artesanato de fama mundial no Povoado de Olhos D'Água. A Lugart, point de compras de Alexânia, acontece toda semana, às sextas-feiras com a proposta de integração entre expositores das áreas de gastronomia, vestuário, horticultura, artesanato e produtores rurais em geral. Além das atividades de exposição e gastronomia, outro ponto forte do evento, que acontece na Praça da Juventude, são as apresentações de música ao vivo, que de maneira gratuita, aprimoram o viés cultural da feira. É um ótimo lugar para um passeio com a família, comer uns bons petiscos e bater um papo com os amigos, renovar a geladeira com hortaliças fresquinhas e doces caseiros ou escolher a decoração de sua casa. Toda semana, passam pela feira, aproximadamente mil pessoas, um público que prefere uma distração diferente no início do fim de semana e realiza suas compras tranquilamente.

Cidade da Região Metropolitana de Goiânia, Aparecida de Goiânia destaca-se nas áreas de indústria e comércio. Com localização estratégica, o município conta com polos empresariais que reúnem empresas de diversos segmentos, além de grandes espaços para eventos e shows. A pujança econômica e comercial do destino se torna vitrine na conhecida e movimentada Avenida Rio Verde. De acordo com dados atualizados em outubro deste ano pela Companhia de Distritos Industriais (Goiás Industrial), o Daia de Anápolis possui 156 empresas, instaladas numa área de 9,5 milhões de m, onde são gerados cerca de 16.650 empregos diretos. Já o Distrito Agroindustrial de Aparecida de Goiânia (Daiag) possui 24 empresas, instaladas numa área de 1,1 milhão de m. No Daiag, são gerados 1.850 empregos diretos.Mas em Aparecida de Goiânia existem outros quatro centros industriais privados e municipais, que são o Polo de Reciclagem, o Polo Empresarial de Goiás, o Parque Industrial e o Distrito Agroindustrial de Aparecida de Goiânia. Se somados aos números do Daiag, os cinco polos industriais de Aparecida em atividade adquirem outro patamar. Para acomodar mais de 370 empresas, a área dos distritos totalizam 9,6 milhões de m, equivalente a 200 alqueires goianos. Além destes, há a Cidade Empresarial, com 304 empresas instaladas

 Marcha para o oeste ; a maior procura de terras agricultáveis; a implantação da Colônia Agrícola Nacional de Goiás, que resultou no surgimento das cidades de Ceres e Rialma; e, por último, a construção da Capital Federal (Brasília); proporcionaram um impulso desenvolvimentista no município. A produção econômica alterou-se substancialmente, voltando-se mais para a comercialização da produção. Assim, a partir da década de 40 houve um crescimento urbano significativo.No início dos anos 60, Jaraguá sentiu os impactos decorrentes da construção da rodovia BR-153, mudando o ritmo de seu crescimento, ganhando oportunidades para ocupar o papel de núcleo comercial, e dinamizando sua expansão urbana.Na década de 80, a cidade de Jaraguá vê crescer o domínio das máquinas, elevando-a ao título de Capital das Confecções. Dos tempos da prosperidade aurífera aos dias atuais, a cidade passou por diversos processos que a fizeram se destacar entre os mais prósperos municípios goianos, e seu crescimento se dá continuamente

Imagem 1 : Município de Aparecida de Goiânia ( Shopping Buriti) - Imagem 2 : Município de Goiânia (Centro)

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.